quarta-feira

MINHA PRIMEIRA VEZ ....


MINHA PRIMEIRA VEZ ....


Seguindo a linha, como recebo muitos e-mails sobre esta pergunta ai vai o relato da minha primeira experiência no Ménage/Swing.


Muitos amigos e casais me pedem que descreva com foi a minha primeira vez literalmente.


Bem quero dizer e deixar bem claro que o que escrevo abaixo não se trata de um "conto" pois sou péssima neste tipo de coisa e não tenho vergonha de dizer, tanto que em muito tempo de site pouco escrevi, pois sempre e só escrevia sobre fatos reais da minha vida ,assim espero ter sido bem fiel ao dia em que tudo aconteceu, não sou escritora nem tenho pretensão de um dia o ser mas apenas relato minha primeira experiência como de fato foi , e seria muito legal que isto ajude algum casal...


MINHA 1° EXPERIÊNCIA PESSOAL E INICIAÇÃO:

GENTE, MUITOS AMIGOS QUE LEEM O MEU RELATO ME PEDEM ALGUMA FOTO DA ÉPOCA PARA IMAGINAREM COMO EU ERA, BEM ACHEI ESTA HOJE NO BAÚ !!!

FOI BEM NA ÉPOCA.SEM PIADAS POR FAVOR !!

BEIJOS.
1 – O TESTE DE LUZ


Bem, não sei se posso chamar isto de “iniciação” mas foi a 1° vez que realmente fiz sexo sem ser com meu marido.


Antes, digo que não casei virgem, tive já uma experiência com um namorado, mas sexo de adolescência ...


Se eu fosse escrever tudo detalhadamente, não caberia na postagem e nem você iria ler, pelo tamanho que já está este texto eu duvido que você chegue aqui mas “vambora!”::)

(Lembrando... vou encurtar)


Eu casei super cedo, com 20 anos. E sexo para mim era o “tradicional”, swing, ménage, sexo grupal ..etc.. putz ! 
Eu nem sabia o que era e muito menos que existia!


Bem, me casei com 20 anos!


Meu marido ao contrário de mim era e sempre foi “tarado”, por favor gente ...digo no bom sentido da palavra ..rs


Eu de cidade do interior, ele de São Paulo/SP, frequentava bares. Já havia ido a casas de swing ..etc.. (Ele é apenas 3 anos mais velho que eu ).


Depois de 1 ano de casamento e “” ENCURTANDO PRA CARAMBA A HISTORIA”, depois de eu já saber por “teoria” o que era swing, de nós já termos falado muitos sobre muitas coisas relacionadas ao sexo e “pulando muito papo” vamos ao fato.


Ops ..lembrei.


Lembra que eu falei " NA POSTAGEM DICAS DE COMO INICIAR SUA ESPOSA" que “chorei” quando meu marido me falou que queria ver em fazendo sexo na sua frente com outros homens?


Então,” encurtando o papo”, no dia após ele me falar isto a minha primeira reação foi realmente chorar!


Eu tive vários pensamentos, dentre eles, é que ele não me amava mais, que era uma desculpa para ele sair com outra mulher, que se ele aceitando me ver com outro homem era por que ele não me amava mais, pois se ele me amasse ele não permitiria isto ..mais mil coisas !


Entende a sua esposa agora?


Voltando.......E agora sem intervalos. :)


Eu já havia passado por toda a fase descrita acima, já me dava tesão eu me imaginar fazendo sexo e ele me vendo, até o sexo entre nós ficou melhor depois que aquilo ficou na minha cabeça, não sei por que mas ficou.


Antigamente, não havia “internet” nem Sexlog, e casas de swing, não tínhamos a menor condição de pagar ..rsrs


Então para quem se lembra, havia revistas e creio que hoje ainda tem, tipo Private,onde você anunciava, como no Sexlog e demais sites de hoje, só que era uma revista, você enviava suas fotos e texto para eles e eles publicavam, assim você recebia propostas ..etc..


Só que havia um problema, onde iríamos tirar as merdas das fotos pelados?


Gente, não me chamem de velha, mas em 98/99...não havia maquinas fotográficas digitais como há hoje.

Sim havia pessoas que as tinham, mas era raro, e mais raro 
ainda computador em casa como todos temos hoje.


Dependíamos da velha “Kodak” e de algum infeliz que aceitasse revelar fotos eróticas.


Parece tudo uma loucura e que nós éramos idiotas certo?


Pessoal, estávamos na faixa dos 20 anos, lógico que éramos idiotas !! rsrs


Bem, estávamos em casa um dia e meu marido lendo o jornal, viu um anúncio que dizia mais ou menos assim:


Fotobook para modelos,fotos especiais .etc.. Era uma coisa assim, e tinha um telefone.


Meu marido ligou e falou com o rapaz que atendeu (lembro o nome dele até hoje mas não vou postar ..rsrs).


Explicou que queríamos tirar umas fotos ousadas ..etc.. e se ele faria ...blá..blá..blá..


Fechado, dia e hora marcados fomos ao bendito estúdio.


No dia, acordamos cedo e meu marido me fez colocar um vestido branco que eu tinha,super transparente ,longo até a canela ..mas transparente, uma calcinha branca “asa delta”,e sem sutiã(na época eu podia fazer isto.rsrs) ,pois o vestido era nos seios duplo e assim não mostrava tanto , e uma sandália de salto  “vidro”, aquelas de plástico transparente moda na época. 

E vamos embora.


Tudo ok certo?


Uma observação apenas, fomos de ônibus! Imagine a merda!


Se “olhar” e “fiu-fiu” engravidasse eu teria hoje mais de 200 filhos! rs.


O local era no centro de SP , e como meu marido havia falado o local era um pouco”suspeito”,na boca do lixo de SP ,onde antigamente era reduto dos produtores de filmes pornôs e gêneros ..e ainda é mas em menor escala.


Chegamos ao endereço, era um prédio de 3 andares, mas parecia uma casa, e havia uma porta igualmente caindo aos pedaços e uma campainha que ainda me lembro estava escrito: “SE NÃO QUER FALAR COMIGO NÃO ME TOQUE”


Putz ...este cara devia sofrer com a molecada apertando isto toda hora, mas o aviso era um chamariz para a molecada e ele não entendia isto ..rs Eu mesma apertaria e sairia correndo ..rsrs


Aproveitando a vontade e saltando na frente do meu marido apertei com vontade a companhia.


Ouvimos uma voz dizer que a porta estava aberta, era só empurrar.


Porta aberta, havia uma longa escada que levava ao primeiro andar e lá chegando uma outra porta pesada de madeira.


Entramos em uma pequena antessala, com uma mesa grossa de madeira , e um homem  que devia ter seus 55 anos ,super.alto e magro,negro,mas negro mesmo ,um negão “original” como não se vê mais hoje em dia ,vestindo uma bota tipo vaqueiro ,calça Jeans e uma camiseta vermelha veio nos atender.


Ele era do tipo “caladão” e mandou a gente sentar em um sofá velho e desbotado de couro marrom e esperar um pouco que o “Paulo” (vou chamar ele aqui assim), já viria nos atender.


O lugar cheirava a mofo e a algum tipo de perfume ou incenso eu não sei, o lugar todo estava caindo aos pedaços, tipo casa bem antiga mesmo, piso de madeira velho e rangendo ao se pisar, lembrei de uma fazenda que tinha perto da minha casa.


Depois de 15 minutos aparece o “Paulo”,um homem dos seus 45 anos, branco, cabelos grisalhos e cheios, alto, ele lembrava um “pouquinho” só um pouquinho o Antônio Fagundes, vestido com jeans e aquelas “jaquetas” de fotógrafos, eu não sei como se chama, aquelas cheias de bolsos.


Achei engraçado.


Ele veio até nós, e nos levantamos, a minha calcinha estava enfiada na minha bunda e eu louca para colocar o dedo lá e tirar a safada de lá, mas como fazer?


Aquele maldito vestido branco ...


Ele pediu que entrássemos em outra sala, e nós o seguimos.


Esta sala era bem grande, ao contrário do resto da casa, às paredes estavam bem pintadas de branco e limpas, uma grande janela ao fundo por onde entrava muita luz  e uma outra janela na outra parede que dava para o corredor, mas esta janela ,o vidro dela todo pintado parecendo tinta guache verde, a sala tinha poucos moveis, uma grande mesa de vidro ao centro cheia de papéis e maquinas fotográficas , um sofá enorme de couro preto bem antigo mesmo ,vários pôster na parede de filmes pornôs ,alguns tripés ,aqueles guarda-chuvas que fotógrafos usam para a luz ..etc. Parecia um estúdio de fotografia normal a não ser pelas mulheres peladas na parede.


Logo que entramos ele foi logo falando com meu marido, eu fiquei um pouco atrás e foi a chance de tirar a maldita calcinha de dentro da minha bunda.


Ufá !! Ninguém viu estou livre ..


Todos de pé, ele falou com meu marido e foi se apresentar para mim, na hora eu notei a cara dele, ele me olhou de uma maneira que eu poderia dizer,” não muito profissional”.rs


Ou ele estava me achando ridícula por esta usando um vestido transparente daquele naquele lugar ou ele queria me comer ali mesmo na hora! ..rs


Depois eu fiquei sabendo que era a segunda opção. :)


Ele veio, pegou na minha mão e perguntou se podia beijar ela, eu falei claro ...


Ele me elogiou para meu marido pediu que fossemos a mesa dele mais ao centro da sala.


Ele sentou e pediu que sentássemos.


“Bem, até hoje esta “conversa” está mal explicada para mim, agora relembrando o passado vou aproveitar e colocar meu marido contra a parede, mas pelo o que eu sei e me lembro, o meu marido explicou para ele que queríamos umas fotos ousadas para usar em anúncios de swing e tal. 

E não o que aconteceu,meu marido até hoje fala que não foi combinado .Mas ..


Enquanto o meu marido falava com ele, eu notei que ele não tirava os olhos das minhas pernas e pés.


Eu havia chegado a poucos dias da praia, estava bem morena, mais do que já sou, e minhas pernas e tudo o mais apareciam ainda mais no vestido transparente branco.


Como a mesa era de vidro não havia como eu me esconder dos olhos dele, e ele foi tão safado que tirou alguns papeis que estavam na minha direção só para a visão dele ficar livre!


E eu ali do lado do meu marido e pensando se o meu marido não estava vendo aquilo!


Alguns papos depois, ele deu para o Ric (meu marido), um 
book para ele olhar, e enquanto o Ric olhava ele começou a perguntas coisas bobas para mim, e sem tirar os olhos das minhas pernas embaixo da mesa.


Eu não sei por que mais justo nesta hora os bicos dos meus seios resolveram ficar duros ...acho que de ansiosa que eu estava, e ele olhou na hora, morri de vergonha!


Mas quanto mais eu tentava esquecer aquilo mais os malditos bicos dos meus seios cresciam e ficavam duros!


Foi quando eu olhei para baixo e vi ele de pau duro quase arrebentando a calça !


Eu pensei ...filha da puta!


Levantei e falei pro Ric pra gente ir andando que estava na hora ..etc..


O Ric nem levantou da cadeira, falou para eu me sentar e esperar um pouco que ele tinha acertado um valor com o Paulo, e que ele hoje não poderia tirar todas as fotos mas iria fazer um teste de luz (papo furado para me ver pelada ).

Pessoal novamente lembrando que eu nunca tinha feito nada” ”nada”” só ouvido meu marido falar muito .Imagina ficar pelada na frente de um homem !

E eu estava ali para fotos, que com muito custo o Ric me convenceu a tirar, pois por mim como eu havia falado para ele deveríamos nós mesmos tirar as fotos e arrumar alguém para revelar.


Fiquei andando um pouco na sala para fugir do olhar do Paulo mas sem sucesso pois ele parecia um tarado me olhando e o Ric lá olhando fotos, fiquei com raiva de mim mesma por ter colocado aquele vestido idiota.


De repente o Paulo levantou e falou. Vamos !?


Vamos pra onde?


Fazer o teste de luz ...por favor você pode tirar a roupa e colocar ali ..e apontou para o sofá .


Eu gelei na hora.


O Ric percebendo foi até mim e falou que tudo ok ..bláblá...se eu quisesse ir embora ok ,mas que era tudo normal aquilo ali, que o Paulo estava acostumado e ver mulheres nuas ..etc..


Deu vontade de falar pra ele colocar a mão no pau do “Paulo” e ver se o pau dele estava normal mesmo. Mas deixei passar. (Hoje não deixaria ..rsrs)


Bem me sentei e comecei a tirar a sandália, e o Paulo falou para eu não tirar que ia ficar legal nas fotos ..(mas não era só teste de luz ?).


Fiquei de pé e mais nervosa que nunca abri a parte de cima do vestido e meus seios saltaram para fora com os bicos duros como pedra.


Meu marido parecia extasiado com aquilo tudo e sentou na cadeira e ficou me vendo a distância como se estivesse em um cinema, e o Paulo já de pé um pouco mais perto de mim me olhando e tentando parecer “profissional” ,mas com a calça estourando ...


Ninguém estava vendo aquilo gente ...?


Só eu?


Olha depois aconteceu algo engraçado, o Paulo foi ligar a Luz e eu pude olhar o Ric e ele me olhar sem os olhares do Paulo, e olhando a cara do Ric me olhando ali quase nua na frente de outra homem, eu me senti bem e pela primeira vez me deu tesão por estar ali .


Super entranho ,não sei explicar, só sei que de um minuto para outro ao olhar meu marido e ver que éramos nós que estávamos ali juntos e não “eu” e ver a cara dele de satisfação eu relaxei .


O Paulo acendeu um monte de luzes e porcarias pelo lugar e chegou perto de mim ,bem perto mesmo e falou que eu tinha lindos seios .


Eu já com um misto de raiva, medo e tesão falei.

Não são só os seios querida. É tudo ...:)

Pronto, meu marido não queria uma esposa puta?

Agora tem uma e aguente!


O Paulo colocou um sofázinho, tipo divã de psicanalista de veludo azul lindo no meio da sala e falou para eu deitar lá ainda com o vestido, somente com os seios de fora. Tirou algumas fotos, mandou eu mudar algumas posições .


Em um momento ele veio até mim e sem pedir licença passou os dedos nos meus seios ,como a gente passa os dedos em um pernil para provar o tempero ,só faltou ele chupar o dedo depois , e falou que precisava de um pouco de pó por causa da luz ,arrumou a desculpa para me bolinar.


Pegou um pó cor de pele e “sem a esponjinha” que costumamos usar para passar, passou nas mãos e começou a passar nos meus seios. Agora sim os bicos dos meus seios quase explodiram, mas foi de puro tesão.


Ele ficou “passando” pó nos meus seios um pouco de joelhos e eu lá deitada ,ele apertava o bico dos seios ,e aquilo foi me dando um tesão que a minha bucetinha parecia que queria sair andando !


Sério, já dizem que a minha bucetinha é “grandinha”, e eu sentia ela latejar de tanto tesão que eu estava, quase que eu falei para ele ver se a minha bucetinha não precisava também de um pouco de “pó” mas me contive.


Olhei de lado e lá estava o Ric me olhando, tentando disfarçar. Mas eu via o tesão dele e agora os dois com os cacetes quase saltando da calça.


O Paulo tirou mais algumas fotos e pediu para eu tirar todo o vestido.


Fiquei nervosa, pois a minha calcinha estava literalmente encharcada de tanto excitação ,não teria como eu esconder aquilo, mas fiz o que ele pediu , fiquei de pé e deixei o vestido cair .


Estava claro que a única coisa que o Paulo não estava fazendo era testar a luz ,até uma tonta como eu poderia ver aquilo ,mas entrei na brincadeira.


Ele me mandou andar na sala. Segurar os seios e inevitavelmente ..ficar de quatro no divã ..


Agora não tinha como eu esconder, ele iria ver e o Ric também o estado da minha bucetinha .


Fique de quatro com tesão e vergonha, ele mandou eu abrir as pernas ..e lá ia cliks e mais cliks de fotos .


Eu ainda de quatro, como eu já previa, ele veio com o tal “pó” passou nas mão e sem pedir licença como se aquilo fosse super normal (e não é) começou a passar a mão na minha bunda.


Eu tremi de tesão ,ele esfregou um pouco a minha bunda e sem pedir novamente abaixou a minha calcinha até os joelhos,eu ali de quatro ,coloquei a cara no divã para não morrer de vergonha e tesão ao mesmo tempo.


Eu senti  “literalmente” escorrer entre as minhas pernas o liquido da minha bucetinha.


Eu acho que nunca senti tanto tesão na minha vida ..ai eu não vi mais nada pois com a cara enfiada no divã eu estava e fiquei só ouvindo os cliks da maquina .


Por alguns momentos eu estava quase pedindo para ele passar um “pozinho” na minha buceta ,eu estava ficando louca,eu não sabia que a gente poderia sentir tanto tesão assim!


Pensei comigo .."Se isto é o tal de Swing que o Ric tanto fala to dentro ! " rsrs

Bem, depois disto ele falou ...ok pronto ..já deu .


Eu pensei já?


Acabou?


E agora ?????


Encurtando ..diminuindo ..o que vocês preferirem , eu coloquei a roupa rapidamente, perguntei onde era o banheiro ,ele me indicou uma porta no andar de cima ,e eu fui me “secar”, pois minha xaninha parecia que tinha pegado uma piscina .


Bucetinha seca ok , mas e o tamanho dela agora ?

Juro , passou pela minha cabeça de bater uma siririca ali mesmo ,mas me pareceu uma ideia absurda ,eu teria que descer e esperar ela voltar ao normal ...resolvi fazer xixi..


Sentei no vaso, por sinal uma privada de 1915! e fiz meu xixi,quando fui me levantar, notei que na porta havia vidros, só que estavam pintados como os vidros de cima com um guache verde , e em alguns lugares buracos na tinta do tamanho de uma laranja, assim eu podia ver tudo lá fora e o rapaz (o homem negro ) que nos atendeu também podia, pois eu o vi claramente agachado um pouco afastado da porta olhando para mim .


Safado !!!


Ele devia estar ali desde de que eu entrei, viu eu me limpar e tudo o mais, levantei com o susto e abri a porta e claro ele não estava mais ali.


Com certeza eu não fui a primeira vítima e nem seria a última.


Desci as escadas e não comentei o fato do banheiro ali, o Ric estava falando com o Paulo que me olhou com uma cara do tipo “vou te comer ainda”.


O Ric acertou detalhes com ele e saímos.


Paramos em uma lanchonete, e ali eu sentei e esperei a minha xaninha voltar ao seu estado natural, conversamos e fomos embora.


Lógico que falamos muito no caminho, mais eu do que o Ric,falei o que senti ,claro que não tudo e não da forma que hoje eu posso me expressar ,e seguindo a minha regra vou encurtar ..


Chegamos em casa e trepei como louca !!!!!!!!!!!!!!!


1 – AS FOTOS

O que ficou acertado no dia com o Paulo é que nós voltaríamos ali pra realmente tirar as fotos que iríamos usar e que aquilo ali foi só teste.etc..


Antes, eu e meu marido conversamos muito como já disse e falei pra ele do tesão que eu senti, que tive até mesmo vontade de trepar ali, ele ficou louco de ouvir isto e disse que quando eu quisesse desde de que combinado entre nós previamente ele adoraria.


Desculpa arrumada, no dia acertado voltamos, eu já não mais com um vestido transparente, comportada agora vestindo uma calça jeans, um salto vermelho e uma camisa feminina de botão branca e com sutiã! rsrs


Nem minha bucetinha nem meus seios iriam me trazer problemas desta vez :)


Chegamos na velha casa dos “tarados”,desta vez deixei o Ric apertar a companhia, não fiz questão  ,e quem veio nos atender desta vez foi o Paulo , e não o “taradão” do banheiro.

Subimos, e o Paulo foi logo falando que estava terminando um trabalho se nós poderíamos esperar um pouco.


Concordamos, nos ofereceu café que recusamos e entrou na sala dele e ficamos lá eu e o Ric no sofá marrom desgastado.


Eu realmente desta vez estava relaxada, e nem um pouco preocupada, ao contrário, estava querendo me mostrar mesmo, e fui preparada. Depilei tudo. E louca para a luz não estar legal e receber mais “pozinho”.



O Ric ali com algumas brincadeiras bestas, apertava a minha bucetinha por cima da calça ..estas coisas ..e eu falando ...


Para idiota ...!


Bem o Paulo estava demorando um pouco mesmo e já eram quase 5 da tarde, e o Ric precisava passar na Rua Santa Efigênia para ver alguma coisa do BIP dele, sim lembram do BIP ?


Antes do celular veio o BIP ..rsrsrs


Bem sério, até hoje eu não sei se tudo foi combinado entre o Ricardo e o Paulo ou não ,eu já cansei de perguntar pro Ric ,mas ela não confessa ,mas eu acredito que ele armou tudo ,mas fica o dito pelo não dito ...e ele depois irá ler isto com certeza ,e até já sei que ele irá me dizer que eu não acredito nele ..blá-blá-blá...mas ...


Bem o Ric falou se eu poderia ficar lá e ele ir rapidamente à Santa Ifigênia, pois era relativamente perto, e se o Paulo chamasse eu poderia começar sem ele ou esperar.


Hoje em dia eu digo que eu não teria ficado ali sozinha, não por não confiar no meu marido, pois confio nele plenamente em tudo, mas hoje em dia eu não consigo e nem tenho tesão em sair sozinha, talvez a mesma “tara” que meu marido tenha em me ver com outros homens eu tenha de forma inversa dele me ver com outros, mas ali era a primeira vez então aconteceu.


Foi batata!


Foi o Ric sair e dar 1 minuto e o Paulo abrir a porta.


Ele falou para eu entrar e ficar à vontade.


Falei que o Ric tinha ido ao centro e que já voltava, ele falou que tudo bem e ficou falando bobagens e mostrando algumas fotos que ele havia feito de mulheres.etc.


Depois de não ter mais fotos para me mostrar, e o assunto ter ido terminando, ele falou se eu poderia dar uma volta “de roupa mesmo” para ele ir tendo ideias”


Desculpa esfarrapada para me ver.


Fiquei de pé, e comecei a andar pela sala toda branca, ele sentado na mesa dele.


Ele começou a falar que eu tinha uma bundinha linda, perguntou se ele podia perguntar uma coisa particular, e eu falei que sim sem problemas.


Eu falou se eu fazia sexo anal.


Eu pensei que abusado!


Mas respondi ...adoro ..


Putz !! Saiu sem querer mesmo, eu normalmente não era tão liberal ao falar, mas eu já estava sem ter noção do que era certo ou errado dizer ou fazer de “tanto que o Ric” me falava de swing..sexo..etc..etc..


Estava sem noção do bom senso, isto ao fato de eu ter 20 anos, vocês imaginam a minha cabeça.


Bom, foi eu falar que adorava sexo anal, foi a deixa que o Paulo precisava para se “soltar” mais.


Ele levantou e sentou no sofá, ficando assim de frente para mim que ainda estava brincando de “modelo” no meio da sala.


Ele falou se eu poderia abrir um pouco a blusa, era uma camisa, e eu abrir os botões deixando o sutiã branco a mostra.


Nesta hora como no outro dia eu notei o volume na calça dele subir, e aquilo me deixou excitada, até eu ver o pau dele sobre a calça, tudo estava meio morno, mas foi eu ver o pau dele que comecei a lembrar do tesão que passei aquele dia, mais as coisas que o Ric vivia me falando pronto ..bucetinha começou a inchar .


Ele perguntou se eu já havia feito dupla penetração, e eu disse que não, pois nunca havia saído com outro homem sem ser meu marido.


Ele começou a falar de umas “amigas” dele que ele tirou fotos, de casais, essas coisas.


Hoje eu sei que ele estava me enrolando para me foder, mas antes não, para mim ele só estava sendo simpático. Tonta eu! rs


Ele me perguntou se eu gostava de sexo oral, se eu gostava de chupar um pau e se eu engolia tudo.


Eu disse que sim, e que engolia tudo do meu marido.


Ai “lógico” ele me perguntou se eu engoliria de outro homem.


Eu disse que não sabia, que eu somente saberia no dia que acontecer... (e era verdade) rs


Eu já sem graça perguntei a ele sobre o divã de veludo azul que estava no dia que fizemos o “teste” de luz, e ele falou que havia levado para outra sala, mas que ia buscar.


Saiu da sala e em poucos minutos ele voltou com o rapaz que trabalhava com ele , o “tarado do banheiro” e colocaram o divã no centro da sala.


O rapaz que não me lembro o nome e aqui vou chamar de "tarado" mesmo,me olhou com uma cara que não sei explicar ,com uma espécie de sorriso malvado ..eu pensei :


Filha da puta ...me olha no banheiro e ainda ri da minha cara ..mas ok .




Logo que ele saiu eu falei pro Paulo que o amigo dele no dia que eu estava aqui me olhou no banheiro.


Ele falou que deveria ter sido engano e coisa e tal, que o rapaz é sócio dele, super gente boa etc...blá-blá-blá..


E quando eu olho pra traz lá está o rapaz na porta ouvindo tudo.

E ao invés dele negar ou pedir desculpas, deu um sorriso e saiu da sala.


O Paulo ficou sem graça e começou a falar das fotos.


Já havia se passado quase uma hora e o telefone tocou, o Paulo atendeu, falou tudo bem, não se preocupe, aqui tudo ok e passou o fone para mim, era o Ric.


Ele falou que estava enrolado no centro que eu poderia me encontrar com ele ou “para não perder viagem se eu poderia fazer pelo menos algumas fotos” sem ele estar lá pois ele iria demorar e o Paulo não poderia esperar.


A trouxa aqui falou. Ok ..ok eu vejo aqui com o Paulo.

Bem, bem....


O Paulo parece que ficou animado de uma hora para outra, levantou da mesa, fechou a janela grande que dava para a rua e a sala ficou mais escura, clara ainda mas sem luz do dia.


Eu estava como barata tonta a andar pela sala e perguntar o que era aquilo, o que isto fazia ..etc..


E ele falou com uma voz um pouco diferente e com mais autoridade.


Querida, vamos ver o que você tem ai embaixo desta roupa para mim?


Eu fiquei meio sem ação, eu não sabia se aquilo ele estava falando por causa das fotos ou por que ele queria meter em mim.


Quando o Ric estava lá foi diferente, pois eu olhava para ele e pelo olhar eu sabia se o que eu fazia era certo ou errado, mas ali eu estava sozinha.


Como eu não me mexi, ele pegou a máquina de fotos de cima da mesa, chegou perto de mim e repetiu. Vamos ver o que você tem ai embaixo para mim.


Eu fiquei com um pouco de medo, e como uma tonta obedeci e perguntei.


O que eu devo fazer?


Ele falou tira a blusa e os sapatos para mim.


Eu fui até o sofá e tirei os sapatos e a blusa, e antes que eu falasse alguma coisa ele falou com um tom meio grosso na voz.


Queridinha fica de quatro no sofá e mostra a sola dos seus pés e empina a bundinha para mim.


Eu obedeci, fiquei de joelhos no sofá e empinei a bunda e ouvi um clique da máquina ..


Fiquei mais tranquila, pois ele estava fazendo as fotos.


Tirou algumas fotos assim e chegou perto de mim, quando eu ia ficar normal novamente, pois eu estava de quatro ainda no sofá com a cara na parede, ou melhor com a cara na janela pintada de guache verde, ele chegou por trás de mim e começou a passar a mão nas minhas costas, e encostou de leve o pau dele na minha bunda.


A minha primeira reação, ou melhor a primeira reação que passou pela minha cabeça era a de dar um chute nele, mas fiquei meio que congelada, e depois de alguns segundos que pareciam um dia inteiro comecei a lembrar do que o Ric falava e também do tesão que eu senti no dia do “teste”.


Fiquei parada ali de quatro no sofá como uma estátua, pois não sabia o que eu deveria fazer, e ele atrás de mim de pé passando a mão nas minhas costas e forçando cada vez mais o pau dele dentro da calça na minha bunda.


Depois ele desceu as mão sobre os meus seios e massageou os dois e puxou o sutiã para baixo e meus seios saíram para fora.


Ele ficou alguns minutos fazendo isto e quando relaxei um pouco e comecei a sentir o pau dele roçar na minha bucetinha comecei a ficar molhada na mesma hora como no outro dia.


Eu já estava esperando ele me mandar abaixar a calça e meter aquele pau em mim mas não.


Ele se afastou e mandou eu ficar de pé e tirar todo o sutiã e a calça.


Obedeci sem falar nada, pois eu não sabia nem o que falar nem o que pensar, só ia obedecendo, tirei a calça e o sutiã e fiquei só de calcinha preta que eu estava.


Ele tirou algumas fotos assim, e pediu para eu ficar de quatro no chão. Obedeci.

Mais fotos ...


Eu do chão via o pau dele sobre a calça e eu já não sabia se ia acontecer alguma coisa ou se não ia acontecer nada como aquele dia, eu já estava esperando que acontecesse, mas não conseguia falar nada só obedecer.


Ele falou que eu era uma delícia de mulher, e falo para eu ir para o divã azul.


Fui até lá e me deitei, ele tirou algumas fotos e desta vez ele não usou o “pozinho” como desculpe, eu deitada para cima no divã ele veio até mim, ficou de joelhos e começou a passar a mão nos meus seios.


Minha bucetinha explodiu de tesão naquele momento, o zíper da calça dele estava bem perto da minha cabeça e eu vendo aquilo de perto e desejando que ele mandasse eu chupar o pau dele.


Na minha vida eu só havia visto dois cacetes ...estava louca para ver o terceiro.


Ele começou a descer a mão até a minha barriga, subindo até meus seios e descendo, me deixando louca, queria que ele metesse logo as mãos entre as minhas pernas.


Foi quando ele desceu a cabeça e começou a chupar o bico dos meus seios, eu nesta hora comecei a me contorcer, não estava dando mais para ser boa moça. Ele desceu a cabeça até a minha bucetinha e deu pequenas mordidas sobre a calcinha, e eu não aguentei, desci minhas mãos e coloquei a calcinha de lado e ele colocou a minha bucetinha inteira na boca dele.


Enquanto me chupava, ele apertava os meus seios e eu nesta hora já gemia, não tinha como ficar quieta, talvez por isto ele vendo que estava tudo ok para mim, ele levantou e ficou de pé e falou para eu ficar sentada e eu obedeci, não conseguia falar nada só fazer.


Ele falou:


Abre a minha calça putinha e chupa meu pau.


Abri a calça dele, e o pau dele estava todo melado como minha buceta, não era um pau enorme, mas muito grosso, até estranho de tão grosso principalmente a cabeça.


Ele falou para eu chupar, mandou eu abrir a boca e colocou tudo de uma vez.


Eu chupei com tanta vontade que até fazia barulho,eu estava doida mesmo ,o tesão de tanto tempo de conversa tudo em um só dia .


Ele pegou a minha cabeça com as duas mãos e começou a foder a minha boca como se fosse uma buceta, e de vez em quando parava e mandar eu chupar as bolas dele, coisa que eu fazia sem falar uma palavra. Pelo estado que eu estava acho que faria qualquer coisa aquele dia.


Enquanto ele fodia a minha boca ele começou a me chamar de puta safada, e eu adorei ouvir aquilo com o pau na minha boca.


Depois de um bom tempo fodendo a minha boca ele me levantou pelos cabelos e me puxou para o sofá, ele ficou de pé e eu sentada no sofá mandou eu abrir as pernas e ficar esfregando a buceta para ele ver.


Fiquei ali esfregando a minha bucetinha e vendo ele bater punheta perto da minha cara.


Minha buceta estava pegando fogo, eu estava me segurando para não gozar, foi quando ele falou:


Você gosta de pau vagabunda ...gosta ...

E ficava me xingando e mandou eu ficar de quatro no sofá de couro preto e eu obedeci .


Fiquei de quatro e ele começou a dar uns tapas na minha buceta e bunda. Ai eu não aguentei e foi a única palavra que eu falei:


Me fode !!


Só senti uma dor inicial e depois prazer, ele enterrou todo o pau na minha buceta de uma vez .


Eu não aguentei e gozei como uma louca naquela hora !!!!!

O pau dele não era super grande, mas muito grosso, era uma dor com tesão.


Ele ficou me fodendo e me xingando de vagabunda. E começou a passar a mão no meu cu.


Eu sinceramente não queria fazer sexo anal, eu adoro e adorava, mas com meu marido, não assim, mas eu não sabia o que eu podia ou não dizer ou falar assim fiquei como um tonta ali de quatro e ele preparando o meu cuzinho para foder.


Ele tirava o pau algumas vezes da minha buceta e só ficava dando tapas na minha bunda pois acho que ele já estava quase gozando.


Foi quando ele foi até a mesa e pegou vaselina, aqueles potinhos de metal que se compra na farmácia, eu sei por que eu e meu marido usávamos.


Eu feito tonta estava de quatro ainda, ele mandou eu ficar de joelhos no chão e chupar ele mais um pouco.


Depois mandou eu parar e chupar só as bolas dele sem usar as mãos.


Me pegou pelos cabelos novamente e mandou eu ficar de quatro, e falou:


A putinha quer pau na bunda quer?

Serio gente eu não queria, mas eu só soube dizer.

Quero .. (Tonta)


Ele passou o creme no pau dele e nos dedos e enterrou de uma vez o dedo na minha bunda.

Rapidamente tirou e colocou a cabeça do pau no meu cu e começou a forçar.


Eu pensei que não ia entrar, eu estava com tesão mas estava tensa, pois nunca tinha feito anal assim com outra pessoa, mas ele forçou e mandou eu relaxar ou ele iria me fazer chupar o pau dele novamente.


Quando a cabeça começou a entrar eu senti um dor filha da puta !!

Mas ele me segurou pelo cabelo e não me deixava ir para frente.


Ele mandou eu esfregar a minha buceta e começou a enterrar o pau na minha bunda.


Quando o pau dele entrou todo, eu gozei na hora, gozei não, eu tive um orgasmo maravilhoso !!!


Acho que isto animou ele pois ele começou a foder bem forte, e algumas vezes tirava o pau todo e colocava de volta, mas isto doía pra caramba, mas eu não consegui falar nada, feito uma puta tonta ali.


Como eu estava de quatro ali no sofá e com a cara na janela pintada eu percebi que o rapaz sócio dele estava olhando a gente pelas frestas da tinta.


Gente juro por deus ...eu estava tão nervosa quando eu cheguei que nem lembrei do sócio dele e que ele estava ali, quando eu vi não me senti confortável, mas não deu nem tempo de eu pensar por que quando ele percebeu que o vi ele já sumiu e apareceu na porta e entrou.


Eu gelei na hora, e perdi todo o tesão que estava sentindo, travei mesmo.


Mas mais uma vez como uma tonta total eu não fiz nada e nem consegui falar nada, o Paulo estava fodendo a minha bundinha e parou, olhou pro sócio dele e falou.


Quer foder esta putinha comigo?





O Paulo olhou para mim e falou:

Fica tranquila gatinha a gente está acostumada a foder casadinha como você, você vai gostar.


O Paulo pegou no meu braço e me colocou de pé, pois eu estava parecendo uma boneca, e sentou no sofá, e me puxou pelo braço para sentar no pau dele.


Ele não conseguiu colocar na minha bundinha, e mandou o sócio dele pegar a vaselina na mesa passou um pouco mais na minha bunda e forçou eu sentar, e desta vez entrou e eu gritei de dor ..dor mesmo ...,


Ele mandou eu rebolar no pau dele e isto fez diminuir a dor.


O sócio dele chegou perto da minha boca, abriu a calça e tirou o pau pra fora e falou se eu gostava de rola negra.


O pau dele estava meio mole e batia quase no joelho dele, eu não sabia se aquilo ali era de verdade.


Ele nem precisou falar nada,eu já peguei o pau dele e comecei a bater uma punhetinha pra ele ,e o pau dele começou a crescer na minha mão .


Ele tirou a minha mão do pau dele e bateu com o pau na minha cara e enfiou na minha boca.


O Paulo não parava de me xingar e o sócio dele falou alguma coisa estranha para ele e o Paulo pegou minhas pernas e levantou ficando assim minha bucetinha aberta pro sócio dele meter em mim.


Desta vez eu falei.


Por favor não, vai doer eu nuca fiz isto.

O sócio dele falou para eu ficar quietinha e calma que dava sim.


Ele ficou de joelhos no chão e começou a forçar a cabeça do pau dele na minha xaninha ,mas não entrava de maneira alguma .


Ele levantou passou vaselina e voltou, mas não dava mesmo, ou por que era a minha primeira vez ou por esta estar muito nervosa, só sei que ele tentou até o pau dele ficar meio mole, e ele desistiu.


O Paulo levantou e foi ao banheiro e o sócio dele sentou do meu lado no sofá e começou a passar a mão em mim e falar bobagens,chupar os meus seios .


Enquanto ele chupava os meus seios eu olhava o tamanho do pau dele (hoje já sai com dotados iguais ou maiores que o dele mas na época não) e imaginava que ele ia querer me comer também.


Ele viu que eu estava nervosa e falou de uma maneira legal que estava tudo ok, que aquilo ali era normal, que eu era uma delícia, que ele saia com casais,etc.


E eu comecei a perder aquela mal impressão que eu tinha dele, e relaxei um pouco.




O Paulo voltou sentou do meu outro lado do sofá e conversou um pouco ..e os dois começaram a passar a mão  em mim novamente .


Eu já estava mais relaxada e comecei a pensar sacanagens, no que o Ric falava e fui indo ..


Eles mandaram eu bater punheta para os dois e eu fiquei ali no sofá com dois paus na mão e aquilo começou novamente a me deixar com tesão .


O pau do negão era lindo !!


Sabe aqueles paus negros lindos enormes e brilhantes que vemos em revista?


Eu só tinha visto aquilo em revista, e eu não parava de olhar para ele, foi quando ele puxou a minha cabeça para baixo e começou a foder a minha boca.


O Paulo ficou de pé e mandou o sócio dele também ficar, e eu de joelhos no sofá estava chupando os dois paus, em momentos eles enfiavam os dois paus na minha boca e me chamavam de puta.


Adoro ser chamada de puta e minha buceta já estava pronta novamente.


O Paulo foi me colocando de 4 no sofá, mas o sócio dele falou que ele que ai me foder agora, assim o Paulo sentou no sofá e eu de quatro fiquei chupando o Paulo e minha bundinha ficou livre para o sócio dele.


Ele ficou algum tempo batendo punheta e olhando a minha bunda e começou a colocar na minha bucetinha.


Como o Paulo, ele não tinha o mínimo cuidado e enterrou tudo de uma vez.


Eu quis soltar um grito mas o Paulo segurou minha boca no pau dele segurando minha cabeça.


O cacete do sócio dele era muito grande e batia fundo e doía, mas eles me seguravam e eu não tinha como me livrar da posição, mulheres sabem do que eu estou falando, vocês homens não :):


Em um momento o amigo do Paulo começou a meter muito forte e rápido e eu não aguentei e gozei feito louca varrida novamente, parecia que eu não ia parar mais !!!


Eu com o cacete do Paulo na boca sem querer dei um mordida, e ele acho que gostou porque gozou na hora dentro da minha boca, segurou a minha cabeça contra o pau dele e ficou mandando eu engolir tudo e eu obedeci.


O sócio dele tirou o pau da minha buceta e sentou no sofá e mandou eu chupar ele, mas ele estava tão afoito que pegou a minha cabeça e foi só eu encostar a boca no pau dele e ele começou a gozar, ele rapidamente enfiou a minha boca no pau dele e segurou.


Mas eu não consegui engolir tudo, e ele mandou eu lamber tudo com a língua ou ele ia meter na minha bundinha.


Eu obedeci e limpei o pau dos dois. Depois, começamos a conversar, ou melhor eles, eu pouco falava, perguntava uma coisa ali e outra aqui ...


O Paulo e seu amigo se levantaram e se vestiram, o Paulo falou para eu ficar à vontade ,..


Me vesti mesmo toda suja de porra, fui ao banheiro, me lavei como podia, na pia e desci.


embaixo o sócio tarado novamente havia sumido, só estava o Paulo sentado na mesa e me falou para eu sentar, sentei e senti dor no bumbum ...estava ardendo :(


Me ofereceu um referi que pegou em um pequeno frigobar enferrujado do lado da mesa e ficamos batendo papo,com se nada tivesse acontecido, como se somente fôssemos amigos ou conhecidos tudo no maior respeito.


Escrevendo tudo isto parece que levou várias horas certo?

Mas não tudo isto aconteceu em um período de 2 horas apenas :))


Depois de uns 20 minutos meu marido “magicamente” apareceu e pela minha cara e estado físico ele somente perguntou depois:


E ai como foi.


Filha da puta!


Olha, eu gosto de escrever, e falar mais ainda, mas cansei, outra dia e em outra postagem conto para vocês como foi a minha conversa com o Ric sobre tudo, sobre como ficaram as fotos ..etc..


Mas uma coisa eu digo, foi muito ..mas muito bom mesmo !!!


Tive medo, receio, agi como idiota em alguns momentos, mas tudo isto faz parte e a idade nos ensina coisas.


E quem sabe se eu tivesse agido somente “com a cabeça” e ter dado uma de “certinha” será que eu teria gozado tanto? rsrsrs


Acho que não, por isto que as vezes queria ter meus vinte anos novamente !!! rsrs



Bye pra vocês !!!


Patricia/Casalpat



OBS: POR FAVOR PESSOAL ABAIXO CLIQUEM EM COMENTAR SE DESEJAREM FALAR ALGO, MELHOR QUE POR E-MAIL SE FOR ALGO SOBRE A POSTAGEM :) OBRIGADA.

40 comentários:

  1. Boa Tarde... muito boa a história .. parabéns .. para uma iniciante você passou no teste com nota máxima

    ResponderExcluir
  2. Que legal!!! Vendo suas fotos aqui nunca pensei que tinha toda essa história por trás, uma pena morarem tão longe...

    ResponderExcluir
  3. Show.. Vi suas fotos no LOG que tesão!! Beijos.
    ripcurl._1..

    ResponderExcluir
  4. Nossa! Li com tanta atenção e tesão que deu até vontade de ler novamente, pois mantive meu tesão ativo até nesse exato momento que vos escrevo, e vir vivendo sua experiência ao ler cada estágio dessa sua primeira aventura, adoraria ter um história contigo também! De seu amigo baiano, morenodiscretorealiza (sexlog) um beijão sinta-se abraçada e beijada.

    ResponderExcluir
  5. to com o pau duro na mão
    vc é a melhor rosto

    ResponderExcluir
  6. Que delicia de relato, fiquei com tesão aqui ao imaginar tudo, quero te começar!

    ResponderExcluir
  7. Parabéns por esta tua historia magnifica. Quem me dera conseguir que minha esposa, aceita se algo parecido.

    ResponderExcluir
  8. Que tesão de relato. Adorei. Gozei três vezes com essa história. Gostaria de te-la impressa para poder ler em qq lugar. Rodrigo

    ResponderExcluir
  9. Nossa! você realmente me deixou com tesão com sua história, olha que já fiz muitas coisas dentro e fora do sexlog mais isso aqui me surpreendeu, parabéns pelo blog.

    ResponderExcluir
  10. Amei. Vce escreve super bem e me deixou com muitooo tesao. Invejo o Paulo....

    Bjos

    ResponderExcluir
  11. Me deixou excitado demais seu relato, gostei muito....que tesão....

    ResponderExcluir
  12. que delicia de relato, me deixou excitado demais.... que tesão....

    ResponderExcluir
  13. Desculpe acabei mandando o convite no sexlog e vim parar aki no seu blog.
    Adorei seu relato de inicialização, meus parabéns.
    Sou dono de uma lan-house e adoraria que um dia uma cliente assim como vc, utiliza-se de meus serviços, tbm adoraria fotografar ou até mesmo fazer um pequeno video.
    Sou seu mais novo fã e lhe acompanharei sempre.
    Busco algo real, porem adoro ler e saber que existe pessoas que adoram o sexo assim como eu.

    ResponderExcluir
  14. Sensacional, quase gozei só de ler a história. Delícia

    ResponderExcluir
  15. Gostei muito de tua história, foi uma mulher em tanto, e deve ser até hj. Bjus

    ResponderExcluir
  16. Que dizer?? Seu relato nos leva à loucura!!! Acredite, voce consegue, redigindo, mostrar um filme do que ocorreu naquele dia, e esta é a maior qualidade de quem pretende transmitir algo para outras pessoas. Redigir de tal maneira que, aquele que lê tenha a nítida sensação de VER a cena!! Adorei e quero mais!!
    lobinho52

    ResponderExcluir
  17. Adorei seu relato!!! Senti tanto tesão!! Me imaginei no lugar de seu marido e fiquei doido... Me imaginei no lugar dos caras e fiquei mais doido ainda de tesão! Adoraria ver minha esposa fazer isso, mas ela naum quer de jeito nenhum!!! Adoraria poder fazer parte de um relato seu um dia!!!! Bjos
    Morenomecanico35(sexlog)

    ResponderExcluir
  18. Que delicia de conto paty! Vc é sensacional parabens rs

    ResponderExcluir
  19. Nossa adorei sua historia, me identifiquem bastante, somos bem parecidas, a começar pelo nome, eu tbm sou como vc, gosto de curtir a vida e gozar muiiitto, a única diferença é q meu marido não curte estas aventuras, então eu curto sozinha. Adoro tbm postar minhas aventuras, tbm tenho um blog mas deixei de fazer postagem a algum tempo, não q as aventuras tenham parado, mas falta de tempo sei lá. Mas adorei sua primeira aventura neste mundo do swing.
    Bem p me contatar estou no sexlog
    devassa_morena
    patiagora@hotmail.com

    Bjus

    ResponderExcluir
  20. Hummmm....q História gostosa de ler.....que Delícia...fiquei cheio de tesão....
    Em breve entrarei em contato p participar de algum encontro...
    Espetáculo de mulher
    Grande bjo....até breve

    ResponderExcluir
  21. Linda historia uma delicia amei uma verdadeira puta gostosa parabéns ao marido

    ResponderExcluir
  22. Impossível não ler e sentir tesão nisso tudo o que relatou. Deve ter sido algo realmente bem marcante e excitante.
    É interessante ver e saber como essas coisas acontecem com outros casais, especialmente sobre o ponto de vista de uma mulher. Estou tentando entrar nesse mesmo processo com minha esposa e sempre penso muito em relação a esses aspectos. Parabéns ao casal! Felicidades!

    ResponderExcluir
  23. Oi Patcasal,,,olha... eu Amei a sua história !!!! nossa, muito legal como o seu marido fez, de te deixar sozinha pra vc ficar exposta mas de telefonar para ver se tava tudo bem com vc, (se vc estava a fim de seguir em frente),, fiquei especialmente interessado por esse história por causa da minha namorada que eu sou louco para pegar ela todo fodida "completinha",,, não sei bem onde postar uma duvida quanto a isso mas se vc puder me responder por aqui onde colocar a minha duvida, eu te envio. Já li o que eu achei mais importante eu saber sobre as suas postagens, ser convidado, dicas para evitar problemas etc,, e minha pergunta é sobre isso (minha namorada nunca fizemos nada assim) então temos muitos receios. (Como não sei a parte da preparação que seu marido fez na sua cabeça né..., e tb eu não queria ter a impressão que eu corrompi a minha namorada (apesar dela ter 45, e eu 41)..
    Bom é isso, espero que possa dispor de um tempinho para me dar uma luz,,,Obrigadinho!!!! e eu adorei a sua história!! eu tb queria ter de novo os meus vinte e tantos para ter aproveitado mais porque só se é jovem uma vez,,, mas isso é outra estória,,, desculpe se me alongo, Obrigado bj tchau! Sou o Roberto, e-mail: r.augustu@outlook.com

    ResponderExcluir
  24. Oi Patcasal,,,olha... eu Amei a sua história !!!! nossa, muito legal como o seu marido fez, de te deixar sozinha pra vc ficar exposta mas de telefonar para ver se tava tudo bem com vc, (se vc estava a fim de seguir em frente),, fiquei especialmente interessado por esse história por causa da minha namorada que eu sou louco para pegar ela todo fodida "completinha",,, não sei bem onde postar uma duvida quanto a isso mas se vc puder me responder por aqui onde colocar a minha duvida, eu te envio. Já li o que eu achei mais importante saber sobre as suas postagens, ser convidado, dicas para evitar problemas etc,, e minha pergunta é meio que sobre isso mesmo e como iniciar nessa putaria deliciosa. Minha namorada nunca fizemos nada assim, então temos muitos receios e eu tb acho ela um pouco muito certinha, não sei se existe isso, mas emfim... Também não sei a parte da preparação que seu marido fez na sua cabeça né..., da minha parte eu não queria ter a impressão que eu corrompi a minha namorada (apesar dela ter 45, e eu 41).. e pra mim é importante que ela gostasse desse tipo de putarias, quer dizer, ela gostar é importante pra mim (acho que todo homem tem muito tesão na sua mulher sendo vadia, eu pelo menos so de pensar tenho!)
    Bom é isso, espero que possa dispor de um tempinho para me dar uma luz,,,Obrigadinho!!!! e eu adorei a sua história!! eu tb queria ter de novo os meus vinte e tantos para ter aproveitado mais porque só se é jovem uma vez,,, mas isso é outra estória,,, desculpe se me alongo, Obrigado bj tchau! Meu e-mail; r.augustu@outlook.com, pode responder por e-mail se preferir.

    ResponderExcluir
  25. Parabéns !!!

    Acabei de ler seu post !!
    Sexlog/Morenoloucurasp
    To com um tesão enorme !!
    Pena q estou em serviço neste momento mas, adoraria lhe fazer um convite. Eu minha espose VC, claro o Ric tirando algumas fotos nossas adoraria um álbum com nos três !!

    ResponderExcluir
  26. Gostei da iniciação e da historia

    Gostaria de ver as fotos desta iniciação se vcs tiverem tambem quero iniciar minha esposa assim, se quiser manter contato pra inicia-la agradeço

    meu email iniciarcazalsp@gmail.com

    ResponderExcluir
  27. Achei fantástica a ideia de seu marido, e a história muito excitante, tbm acabei bem molhado ao imaginar essa situação, parabéns e bjs ao casal .

    ResponderExcluir
  28. Bom paty achei lindo o seu conto dignos de estar publicados nos contos dá Fórum ou nos contos eróticos do Google também pois vc se expressa bem seu conto é centrado e muito excitante linda história e belo conto meus parabéns à vc é ao Ricardo e gostaria de pedir à vc que nos contemple com novos e lindos contos como esse é dento em breve vou estar entrando em contato com vcs para tentar assim algo real juntos pois pelos pontos que eu pude ler em Vosso blog vc são muito correto honesto e o mais importante quanto as outras duas qualidade anteriores vcs presão pelo sigilo e o respeito ao qual eu também dou muito valor sem mais muito obrigado e um abraço....

    ResponderExcluir
  29. Bom paty achei lindo o seu conto dignos de estar publicados nos contos dá Fórum ou nos contos eróticos do Google também pois vc se expressa bem seu conto é centrado e muito excitante linda história e belo conto meus parabéns à vc é ao Ricardo e gostaria de pedir à vc que nos contemple com novos e lindos contos como esse é dento em breve vou estar entrando em contato com vcs para tentar assim algo real juntos pois pelos pontos que eu pude ler em Vosso blog vc são muito correto honesto e o mais importante quanto as outras duas qualidade anteriores vcs presão pelo sigilo e o respeito ao qual eu também dou muito valor sem mais muito obrigado e um abraço....

    ResponderExcluir
  30. Boa noite, Linda história, Imaginei tudo isso.
    Tenho 22 anos.
    Fiquei louco com você.
    Quase gozei com sua história.
    Pau ficou latejando. Abraços bom final de semana e muito orgasmo

    ResponderExcluir
  31. Incrível. Realmente seu texto é fantástico. E vc realmente é uma putinha safada que eu gostaria de comer o cuzinho com toda força.

    ResponderExcluir
  32. gozei duas vezes lendo esse relato real

    ResponderExcluir
  33. Adorei linda desejo fazer o mesmo com minha esposa dar este razer gostoso pra ela, o gostoso e vc gostar e voce se realiz\ar dentro dos limites e respeito de cada um adoro vcs dois bjs do csl duda

    ResponderExcluir
  34. muito legal sua primeira vez....
    muito excitante...
    estou no meio tbe a muito tempo... e a PRIVATE era a revista que publicavamos nossas fotos... achei demais a quela dificuldade de revelar as fotos...
    mas realizavamos num quiosque da kodac que havia na rua...e tinhamos uma caixa postal na epoca...
    forma momentos dificies mas tbem inciamos nessa epoca... e foi demais...
    primeiramente um menage e depois swing e assim menages e encontros liberados e livres...
    a sua estoria foi demais e muito excitante...
    adorei...
    sou maduro e experiente a algum tempo...porem não em quantidade...fiquei um bom tempo parado e sem participar...
    hj só eu participo...minha mulher, por problemas familiares, não mais...
    e então busco casais que gostem de apiemntar a relação e querem incrementar com mais um homem...
    parabens e adorei o relato e as fotos de vcs...
    vamos nos falar...

    ResponderExcluir
  35. Pat, foi com ou sem camisinha?

    ResponderExcluir
  36. Olá Sou o Beto do casalbetoenicole do sexlog. Adorei o relato e muito inspirador. Obrigado e sucesso!

    ResponderExcluir
  37. Adorei ler sua iniciação

    ResponderExcluir
  38. ola vcs nao tem mais historias igual essa para conta?

    ResponderExcluir
  39. voces nao tem outros tipos de experiencia em conto igual esse

    ResponderExcluir

Oi!! Agradeço o seu comentário ! Você pode escrever sobre qualquer assunto,criticas,sugestões,cometários,perguntas indiscretas , fique a vontade ! Só não serão aceitos comentários de ordem racial,e xingamentos.
Fique a vontade para perguntar!!

""E por favor ! mesmo que você poste um comentário como anônimo , deixe seu nome ou e-mail""